sábado, 22 de janeiro de 2011

VOCÊ TEM MEDO DE SER TRAIDA?




Quando o assunto passa pelo coração, nossa cabeça fica rodeada de interrogações ???


O medo de sofrer uma traição é muito comum, associado ao ciúme, a insegurança em relação ao parceiro muitas vezes é motivo de brigas e separações.

O medo da perda leva a pessoa a experiências de sofrimento, tanto para si como para o objeto de seu ciúme, e pode ser percebida como a expressão de insegurança, baixa auto-estima, dependência.

Algumas pessoas confiam tão pouco nelas mesmas que impedem até mesmo os parceiros delas de viverem suas vidas porque imaginam que, ao explorarem o mundo, estes venham a se interessar por alguém e, portanto abandoná-las”.

A questão da auto-estima é muito importante, pois, quanto mais baixa for à auto-estima, mais o indivíduo sofre, chegando a duvidar que mereça respeito. Destarte, para superar o problema, é necessário se valorizar para diminuir a insegurança. Alguns mecanismos para obter essa melhora são religião, psicoterapia, cursos, novas amizades, trabalho, lazer, etc.

Em resumo, se você sofre desse mal, é importante investigar os motivos dessa insegurança toda. O receio de ser traída é natural, mas não pode impedir ninguém de se relacionar. Para ficar bem na relação é preciso investigar os motivos desse medo. Se for algo fantasioso, sem nenhuma prova concreta de infidelidade, a pessoa deve reavaliar sua autoestima. Por que ela não se considera boa o suficiente para o companheiro ficar com ela e só com ela?

Claro que quando a gente ama a gente cuida, como bem diz a música, quem ama cuida, no entanto, não quer dizer que é preciso ter ciúmes. Existem outros mecanismos que refletem o cuidado, zelo, amor, pelos parceiros muito mais eficientes do que os proporcionados pelo ciúme. Tudo na vida deve ser dosado na medida certa, o excesso de omissão, de compromisso também não é bom. “Precisamos ver a nossa valorização, por isso, o ciúme pode ser um dos temperos, que deve ser muito bem dosado para não virar tormento.

Se existe necessidade de vigiar por causa da desconfiança, já não existe amor, Então, é melhor investir na busca de si mesmo, de sua auto-estima, do amor próprio, para dar amor a outra pessoa.

DrªJoselaine Garcia
Psicóloga e Hipnóloga
CRP 07/18433 e SIAHC 1488
Pós Graduada em Docência Universitária
Hipnóloga credenciada ao Instituto Brasileiro de Hipnologia
Membro da Sociedade Ibero-Americana de Hipnose Condicionativa
Psicóloga laureada com diversos prêmios a nível :
           Nacional, Sul Brasil,  Estadual e Mercosul
Colabora regularmente com a imprensa escrita